Publicado em: 30/05/2018
Mamma mia… Tem novos sabores no Festival Italiano de Nova Veneza
Evento está maior e com várias novidades no cardápio, como os pastéis à la Italiana, com recheios doces e salgados. Um festival paralelo de churrasco e um estande para o famoso café italiano também es
Por Manoela Messias  

Pelo 14º ano consecutivo a Cantina da Nova, restaurante oficial do Festival Italiano de Nova Veneza, juntamente com mais de 40 estandes gastronômicos preparam um diversificado cardápio de pratos italianos para os visitantes. De 7 a 10 de junho, massas, risotos, nhoques, lasanhas pizzas, polentas, carnes e os mais variados molhos estarão sendo servidos para as mais de 100 mil pessoas que são esperadas para o evento em Nova Veneza, a 44 quilômetros de Goiânia, e a 200 quilômetros de Brasília.

 

Segundo estimativa da presidente da Associação Pró-Festival Italiano de Nova Veneza, Hermione Stival, o número de estandes de gastronomia aumentou de 20 para 30. Ao todo serão 70 estandes de alimentação e artesanato. “Nós também aumentamos o número de assentos que passaram de 4 mil para 6 mil”, informa a organizadora.

 

As novidades deste ano já começam pela Cantina da Nona, a cozinha oficial do Festival, que nesta edição trará os pastéis à la Italiana, com recheios doces e salgados, todos com um toque especial dos temperos utilizados na gastronomia ítala. As tradicionais polentas fritas, que são o petisco carro-chefe da Cantina da Nona, cozinha oficial do evento, que também serão servidas. Este ano a iguaria, que é uma das mais procuradas do Festival,  terá um estande exclusivo, que ficará responsável por produzir este delicioso prato aos convidados.

 

“É o tempo de fritar e servir. Todos os anos,  aumentamos a quantidade e sempre é pouco, por isso resolvemos inovar e abrir um espaço específico para comercializar a polenta em suas diferentes formas de ser feita”, diz a chefe da cozinha Vânia Maria Alves. Entre os italianos, a polenta é um coringa na alimentação daquele país e está presente, em diferentes versões e ocasiões, no café da manhã, almoço, lanche e jantar.

 

Mais novidades

Entre os espaços reservados para as atrações gastronômicas, haverá, pela primeira vez, um estande exclusivo para o famoso café italiano, considerado um dos melhores do mundo, devido ao desenvolvimento da técnica do café expresso e à qualidade do processo de torrefação. Além de servir os principais e mais tradicionais tipos de café italiano, o estande irá também mostrar um pouco sobre a história e a cultura de consumo da bebida naquele país.

 

Outra novidade é o Carnivoria Open Air, um dos mais badalados eventos de churrasco do País, que vem a Goiás pela primeira vez e terá uma edição especial durante o Festival Italiano de Nova Veneza. Os organizadores prometem montar um “Circo do Churrasco” e mudar o conceito dos visitantes sobre consumo e preparo de carnes.

 

Carnivoria tem o perfil dos festivais de churrasco realizados ao ar livre no sul dos Estados Unidos, tem como objetivo apresentar ao público os diferentes cortes de carnes e técnicas de churrasco.

 

Acesse o portal www.festivalitaliano.com.br e confira o cardápio da Cantina da Nona, restaurante oficial do evento, que terá pratos com preços a partir de R$15 e até R$ 35.

 

O Festival Italiano de Nova Veneza

 

Com uma estimativa de 100 mil visitantes durante os quatro dias de evento, o Festival Italiano de Nova Veneza se enquadra no patamar dos grandes festivais do Brasil e faz parte do Circuito Goiano de Gastronomia. A festa foi criada para valorizar a história da cidade, formada por colonos oriundos da Itália e que vieram para o Brasil há mais de 100 anos. Hoje, cerca de 60%  da população do município é formada por ascendente italianos.  Nesta 14ª edição, o evento passa a contar com o apoio oficial da Embaixada da Itália no Brasil

 

São mais de mil pessoas envolvidas na organização do evento que, além do resgate cultural, estimula também a economia local. Toda a cadeia produtiva da região é envolvida: de produtores de milho, tomate, hortaliças, gado, frango etc, a profissionais de setor de gastronomia, eventos, artistas, entre outros, todos se envolvem com o festival.

 

Só no ano passado, a iniciativa movimentou R$ 2 milhões na cidade. Em 2018,  a estrutura do Festival Italiano de Nova Veneza crescerá em 50%. Serão mais expositores com atrações e pratos para os visitantes.  A cidade fica a cerca de 44 quilômetros de Goiânia. De Brasília, são 200 quilômetros.

 






coordenação geral: Hermione Stival Moreira / Adilon José Ferreira   apoio: Maria do Carmo Basílio