Publicado em: 30/05/2018
Festival de Nova Veneza trará sensação de passar um dia em Veneza para visitantes
Com o tema “Um Dia em Veneza”, da 14ª edição do evento apresentará à população o charme da famosa cidade italiana, que é origem dos fundadores de Nova Veneza. O Festival Italiano de Nova Veneza será r
Por Manoela Messias  

Um Dia em Veneza será o tema central da 14ª edição do Festival Italiano de Nova Veneza, que será realizado de 7 a 10 de junho, na cidade, que fica há  poucos quilômetros de Goiânia. Com público médio de 100 mil visitantes em seus quatro dias, o evento se enquadra no patamar dos grandes festivais do Brasil. A festa integra o Circuito Gastronômico de Goiás e foi criada para valorizar a histórica da cidade, formada por colonos italianos que vieram para o Brasil há mais de 100 anos, hoje cerca de 60%  de sua população é formada por descendentes.

 

O tradicional evento da cultura italiana buscará, nesta edição passa a contar com o apoio oficial da Embaixada da Itália no Brasil e irá aguçar os sentidos dos visitantes para que eles se sintam, de fato, na famosa cidade italiana. Para que isso ocorra, a organização do Festival Italiano investiu em pesquisa, em  programação e design. Serão pórticos, lounges, cenografia, figurinos e atores que estarão estrategicamente padronizados e instruídos para os visitantes possam ter, de fato, a sensação de estar visitando Veneza.

 

“Queremos que as pessoas se sintam na Itália e em Veneza. Para isso, vamos trabalhar com elementos que, indo além dos pratos típicos, estimulam mais do que o paladar. Tato, olfato, visão e audição também estarão expostos à experiência de um dia em Veneza”, destacou Hermione Stival, presidente da Associação Veneziana Pró Festival Italiano (Afesti), à frente da organização do evento.

 

Para que o público se sinta em Veneza, o projeto cenográfico não poupou detalhes. Uma das novidades para esta edição serão pessoas da comunidade de Nova Veneza vestidas com trajes típicos dos famosos gondoleiros venezianos, circulando pelo festival. “Eles serão os protagonistas dessa ambientação pois, em Veneza, as pessoas têm contato direto com os gondoleiros, que as levam para os inesquecíveis passeios na cidade. O mesmo acontecerá em nosso Festival. Os gondoleiros vão recepcionar o público com cumprimentos em italiano e convidá-los para uma experiência inesquecível em todos os detalhes”,  revela a presidente da comissão organizadora.

 

As novidades não param por aí.  Rainha e princesas, além de figurantes mascarados, todos da cidade, estarão circulando pelo evento para que o público “entre no clima” e se sinta de fato na cidade que inspirou William Shakespeare a escrever o romance “O Mercador de Veneza”.

 

Valorizar a comunidade e as origens das famílias serão outra ênfase para a edição de 2018. Todas famílias que compõem a história da cidade serão homenageadas com impressão dos nomes nas Flâmulas, que são elementos típicos de ambientes venezianos. “Esta foi uma maneira simbólica que encontramos de prestigiar a nossa comunidade que tanto se esforça para que o Festival seja, ano após ano, um grande sucesso”, destaca Hermione.

 

Além da decoração, a programação virá recheada de novidades em 2018. A gastronomia será incrementada com novos pratos. Além disso, uma mostra de cinema italiano com títulos cedidos pela Embaixada da Itália será exibida gratuitamente para o público. Outra novidade será uma exposição fotográfica do Carnaval de Veneza, assinada pelo paraibano Francisco Andrade.  A programação de shows italianos e apresentação de danças típicas também prometem encantar os visitantes.

 

Hermione lembra que o evento está com a programação cada vez mais abrangente, mas preservando sempre o clima familiar. “O povo italiano preserva muito a família e faz questão de estar entre os seus. O Festival Italiano de Nova Veneza não poderia ser diferente, tem a família em sua sua essência”, explica.

 

O Festival Italiano de Nova Veneza

 

São mais de mil pessoas envolvidas na organização do evento que, além do resgate cultural, estimula também a economia local. Toda a cadeia produtiva da região é envolvida: de produtores de milho, tomate, hortaliças, gado, frango etc, a profissionais de setor de gastronomia, eventos, artistas, entre outros, todos se envolvem com o festival.

 

Só no ano passado, a iniciativa movimentou R$ 2 milhões na cidade. Em 2018,  a estrutura do Festival Italiano de Nova Veneza crescerá em 30%. Serão mais expositores com atrações e pratos para os visitantes.  A cidade fica a cerca de 30 quilômetros de Goiânia. De Brasília, são 200 quilômetros.

 





coordenação geral: Hermione Stival Moreira / Adilon José Ferreira   apoio: Maria do Carmo Basílio